03/08/2022 às 18h49min - Atualizada em 04/08/2022 às 00h00min

Indígenas de várias etnias contam com auxílio de intérpretes em unidades de saúde do Amapá

Serviço pode ser acionado na própria unidade de saúde ou pelo telefone.

G1 - Amapá
https://g1.globo.com/ap/amapa/natureza/amazonia/noticia/2022/08/03/indigenas-de-varias-etnias-contam-com-auxilio-de-interpretes-em-unidades-de-saude-do-amapa.ghtml

Serviço pode ser acionado na própria unidade de saúde ou pelo telefone. Indígenas contam com auxílio de intérpretes em unidades de saúde
m 2017 começou a ser feito um trabalho de acompanhamento desses atendimentos. ele foi regulamentado em junho deste ano. agora existem interpretes que auxiliam nos atendimentos realizados nas unidades de saúde.
Intérpretes passaram a ajudar a indígenas que buscam serviços em unidades de saúde do Amapá. A rede de atendimento humanizado conta com 22 profissionais e funciona em pelo menos 3 municípios. O serviço pode ser acionado na própria unidade de saúde ou pelo telefone.
No Amapá e no Norte do Pará existem mais de 12 mil indígenas. Muitas ações de saúde são levadas até as aldeias, que ficam no interior do estado, mas algumas vezes os indígenas têm que se deslocar até a capital para conseguir atendimento especializado.
Só que cada povo fala uma língua diferente e é aí que vem a dificuldade. Onedia Iaparrá é da etnia Palikur e fala paicuaqui. Ela até consegue compreender o português, mas na hora de falar não consegue se expressar muito bem. Ela relata que intérpretes são importantes pra facilitar o acesso aos serviços de saúde.
Indígenas de várias etnias contam com auxílio de intérpretes em unidades de saúde do Amapá
Rede Amazônica/Reprodução
Em 2017 começou a ser feito um trabalho de acompanhamento desses atendimentos. Ele foi regulamentado em junho e é organizado pela Coordenação Estadual de Saúde Indígena (Coesi) do Amapá.
Quando um indígena chega em uma unidade de saúde, ele pode solicitar a ajuda de um intérprete. Esse contato é feito pela equipe que o atende, que aciona a Coesi para que um profissional seja destacado para unidade onde o indígena está.
Ao todo são 22 intérpretes, sendo que 15 ficam em Macapá, 6 em Oiapoque e 1 em Pedra Branca do Amapari.
"Essa oportunidade é gratificante para os povos indígenas porque principalmente os mais velhos, que não têm o costume de sair das aldeias para a cidade. Quando eles adoecem e vêm para a cidade, se sentem isolados do povo, não conseguem se comunicar e não sabem o que está acontecendo", comentou Jordan Iaparrá, um dos intérpretes.
Os indígenas também podem solicitar o atendimento pelo telefone (96) 98407-0623.
"Em Oiapoque a nossa demanda é muito grande. Vimos que os nossos pacientes indígenas precisavam ter esse atendimento diferenciado, ter um intérprete, o profissional indígena, para oferecer um atendimento mais humanizado, para que ele se sinta mais acolhido, podendo exercer sua cultura dentro do hospital, por meio de sua linguagem materna", citou.
Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá
ASSISTA abaixo o que foi destaque no AP:

Fonte: https://g1.globo.com/ap/amapa/natureza/amazonia/noticia/2022/08/03/indigenas-de-varias-etnias-contam-com-auxilio-de-interpretes-em-unidades-de-saude-do-amapa.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://portaljornalismonaamazonia.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp